A Generac tem tomado ações para diminuir a transmissão do COVID-19, dentre elas o trabalho da equipe comercial em regime de home office. Agora você poderá entrar em contato conosco através dos números ao lado.
Clientes nos estados de SP, MG, RJ e ES.
(16) 99753-4880
Demais estados
(16) 99724-2126
Pós-venda e peças
(16) 3505-9127

O que é horário de pico e como isso afeta a conta no final do mês?

A conta de luz é uma das tarifas que mais pesam no bolso dos consumidores e nos caixas das empresas. Um dos grandes vilões é o horário de pico. Leia o post e entenda por que isso acontece.

Compartilhe

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email
Imprimir

O valor da conta de energia elétrica há muito tempo é uma preocupação tanto das famílias quanto do comércio e indústrias. A constante variação do valor das tarifas tem diversos motivos, como a estiagem, aumento de impostos, uso de termelétricas, entre outros.

Nesse contexto é muito importante o conceito de horário de pico do uso de energia elétrica e no que ele pode interferir nos gastos com essa mercadoria que é tão importante e cada vez mais cara.

Nesse post iremos mostrar o que é o horário de pico e como ele pode afetar na conta de energia elétrica no final do mês. Por isso, leia e compartilhe!

Conceito horário de pico

O chamado horário de pico – também conhecido como horário de ponta — é o momento de um dia em que acontece o maior consumo de energia elétrica pela população, ele geralmente ocorre entre 18h e 21h.

Nesta parte do dia, as concessionárias de energia precisam fornecer uma maior quantidade de energia para a demanda de consumo tanto das famílias quanto das indústrias e comércio. Pois é nesse período que a grande maioria das pessoas estão em casa e acabam ligando as luzes, tomando banho e colocando os eletrodomésticos em funcionamento.

Nesse mesmo momento ainda a iluminação pública das cidades é acionada e boa parte da indústria e do comércio ainda não encerrou suas atividades.

Influência do horário de pico no custo da tarifa de energia

Tudo o que foi descrito acima mostra que o horário de pico acaba sendo o momento mais crítico para o fornecimento de energia elétrica pelas concessionárias brasileiras.

Esse período é ainda o que tem o valor da tarifa de energia elétrica mais caro. É por isso que muitas empresas e indústrias acabam reduzindo o uso de máquinas durante esse horário, a fim de reduzir o valor da conta de luz no fim do mês.

Além disso, há muito tempo a Aneel sempre lança campanhas de conscientização da população sobre a questão do horário de pico, aconselhando a utilizar menos energia elétrica nesse horário. Hoje existe até a adesão a Tarifa Branca, onde as famílias e empresas que tenham consumo médio anual de até 250 Kw por mês se comprometem a gastar mais energia fora do horário de pico.

O sistema elétrico brasileiro sofre com diversos problemas, como falta de infraestrutura, por exemplo. Além disso, há questões de ordem climática, como os períodos de estiagem. Neles, a chuva diminui em determinadas regiões, desabastecendo os reservatórios das hidrelétricas, que são o sistema mais usado no país para produção de energia.

Tudo isso mais questões econômicas e o uso de termelétricas para aumentar a capacidade de produção de energia faz com que as tarifas de energia elétrica no país estejam sempre em variação.

As distribuidoras acabam precisando pressionar para que haja aumento na tarifa para compensar todos os problemas no sistema, incluindo o uso de energia no horário de pico.

Alternativas para as empresas reduzirem seus gastos com energia elétrica

Para fugir do peso da tarifa de energia no horário de pico, as empresas de diversos portes precisam adotar algumas alternativas. Do contrário, o gasto maior de energia pode impactar negativamente no caixa.

Uma alternativa foi citada anteriormente: reduzir o uso de máquinas e equipamentos durante o horário de pico. Mas isso pode afetar a produção, se não for muito bem planejado.

Mas existem alternativas que citaremos a seguir para ajudar sua empresa:

  1. Uso de geradores a gás e a diesel

Essa opção pode ajudar bastante a reduzir o consumo de energia elétrica no horário de pico. Basta manter o gerador a gás ou a diesel ligado durante esse período. Assim, a energia que será gasta para o funcionamento da empresa será a do gerador e não a da rede elétrica.

Mas é preciso ficar atento quanto ao dimensionamento do gerador necessário para as atividades de sua empresa. Ele precisa dar conta de toda a energia que será necessária durante o horário de pico.

E não se esqueça de um detalhe importante, quando a empresa optar por ligar seus geradores em horário de pico, ela deverá avisar a concessionaria que dentre determinados horários não utilizarão do serviço de abastecimento.

  1. Uso de energias alternativas

Além dos geradores a gás e a diesel, outra solução que pode ajudar a sua empresa é o uso de energias alternativas, como a solar e a eólica, por exemplo. Esse tipo de produção de energia elétrica alternativo está crescendo cada vez mais no país.

  1. Defina metas de redução de consumo

As mudanças na conta de luz de uma empresa passam também pela questão de liderança, principalmente no que se refere a definição sobre quais serão as metas para o corte de uso da energia.

Para atingir esse resultado, o ideal é investir em análises de consumo energético por setor. Assim é possível identificar onde ocorre mais desperdício e quais departamentos gastam mais energia, além de definir quais serão as modificações que precisam ser aplicadas na gestão.

Esse artigo tirou suas dúvidas sobre o horário de pico e como ele afeta a conta de sua indústria no final do mês? Somos uma empresa que fabrica geradores de energia e que tem uma linha diversificada de produtos que atendem desde residências até grandes indústrias. Peça um orçamento e tenha um atendimento especializado.

Pensando nesse cenário realizamos um webinar sobre o uso de geradores de energia em horários de pico. Assista.

4 respostas

  1. Gostaria de saber como é identificado o gasto de energia nos horários de pico. Se é identificado por cada usuário separadamente ou é geral. Se no caso de quem usa energia fotovoltaica também paga mais caro neste período ou como é?

  2. Boa tarde!
    O motor de uma piscina, gera muita diferença na conta de energia?
    Posso deixar ligado o tempo todo fora do período de pico?
    Obrigado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Converse com nossos especialistas.

Está em dúvida para escolher a melhor solução para sua demanda em energia? Conte com a Generac.
 


Planilha grátis

Quedas de energia impactam diretamente no faturamento da sua empresa, já parou para calcular o prejuízo?

Com esta planilha você consegue calcular o prejuízo que as quedas de energia tem sobre o seu faturamento.

Entre em contato com a Generac

Preencha o formulário abaixo, nossos consultores entrarão em contato