A Generac tem tomado ações para diminuir a transmissão do COVID-19, dentre elas o trabalho da equipe comercial em regime de home office. Agora você poderá entrar em contato conosco através dos números ao lado.
Clientes do estado de São Paulo
(16) 99753-4880
Clientes fora do estado de São Paulo
(16) 99724-2126
Pós-venda e peças
(16) 3505-9127

6 dicas para economizar energia na sua empresa

Com a crescente demanda por energia, e a queda histórica nos reservatórios das hidrelétricas, a conta de luz aumenta vertiginosamente. Para empresas, esse é um risco sério de caixa. Acesse 6 dicas para economizar energia na sua empresa e comece hoje mesmo.

Compartilhe

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email
Imprimir

Em casa já estamos preocupados com os sucessivos aumentos na conta de luz, mas as indústrias sofrem ainda mais. Com a escalada nos preços, a fatia do orçamento reservada a energia elétrica está cada vez mais comprometida. 

Economizar energia na sua empresa é uma discussão que deve estar em todos os setores e níveis hierárquicos, afinal, pode ser um ralo para os investimentos. Com a redução é possível alocar o capital de maneira estratégica, alavancando o negócio e atingindo melhores resultados. 

Dessa maneira, criamos uma lista com 6 dicas para economizar energia na sua empresa que você pode começar o quanto antes. Confira! 

1 – Faça um checkup de rotina 

O gestor deve estar em todas as áreas da empresa, conhecendo as rotinas e processos. Sempre ao final de cada turno avalie os equipamentos que estão em standby

Standby é quando a máquina está em modo de repouso, com todas as funções desativadas temporariamente, mas não completamente desligada. 

Em casa esse gasto pode não ser tão significativo no orçamento, mas para uma empresa é relevante. Imagine quantos equipamentos existem e o quanto podem estar consumindo energia sem a menor necessidade. 

Para garantir, desligue da tomada

2 – Oriente a sua equipe 

A economia de energia não é uma função exclusiva da administração. Tomando como base a primeira dica, observe que a redução nos custos não pode significar perda na produtividade. 

A equipe é a sua aliada para encontrar os pontos onde há maior desperdício. Converse francamente com todos, e trace um objetivo coletivo de redução. Dessa maneira, todos podem se empenhar dentro das suas áreas e limitações para se obter êxito. 

3 – Tome cuidado com o ar-condicionado 

Se em casa ele já é um vilão, imagine na empresa. Pode ser o maior problema, uma vez que cada pessoa possui uma tolerância diferente ao clima. Quantas vezes você chegou na empresa suando, ou vestindo um casaco para ficar dentro do escritório? 

A realidade é que as pessoas utilizam o ar-condicionado de uma maneira totalmente equivocada. De nada adianta deixá-lo desligado na maior parte do tempo, passando calor, reduzindo a produtividade, para ligá-lo na menor temperatura com a potência máxima. 

O ar-condicionado funciona da seguinte forma. Você escolhe uma temperatura, e ele reduzirá a temperatura da sala ao nível escolhido. Porém, em um país tropical, dificilmente o seu aparelho vai conseguir levar a sala de 37 ºC para 20 ºC. Você só está desperdiçando energia. 

Aumente a temperatura em um ou dois graus, e já vai ver uma grande diferença. A média que agrada a maioria das pessoas é em torno dos 24 ºC. Com a potência constante, você garante um ar agradável ao longo de todo o turno. 

Ainda, evite ligar e desligar o aparelho repetidas vezes. Pode parecer que está economizando, mas o pico de energia da maioria dos equipamentos elétricos, é justamente nesse momento. 

4 – Iluminação é a chave 

Precisamos de luz para trabalhar, e ela até tem um efeito na produtividade. Uma luz branca traz mais foco e atenção. Opte por lâmpadas de LED, que apesar de serem um pouco mais caras, são econômicas e possuem um maior rendimento. 

Preferencialmente, posicione o escritório de modo a aproveitar ao máximo a iluminação natural. A luz do sol está associada ao prazer e à satisfação. Seus colaboradores tendem a ficar mais engajados, e você, feliz ao reduzir a conta de energia! 

5 – Substituir equipamentos obsoletos 

Equipamentos antigos são um gargalo na conta de energia. Isso acontece porque eles foram produzidos seguindo uma outra lógica. Os equipamentos modernos buscam eficiência e economia, e as empresas cada dia investem mais em soluções para reduzir o consumo, pois para elas, isso é uma vantagem competitiva. 

Se você não consegue encontrar uma assistência técnica com facilidade para o seu maquinário, é um indicativo de que passou da hora de trocar. Sempre busque aqueles com a certificação Procel, que mede e comprova a eficiência energética. 

O mesmo acontece com a fiação. Apesar de ser um risco óbvio para a segurança, fiação antiga pode representar um consumo maior de energia, e pode sobrecarregar até mesmo os equipamentos mais atuais. 

6 – Invista em um gerador de alta qualidade 

Geradores de energia são fundamentais para empresas. Eles dão mais uma camada de proteção para o patrimônio construído em forma de maquinário. É essencial para garantir que os processos e atividades não sejam interrompidos por uma queda no sistema, que sabemos ser comum no Brasil, ainda mais com a crise hídrica crescendo a cada dia. 

Esse tipo de equipamento ainda pode servir de suporte em tempos de anormalidade. Nos horários de pico, a tarifa de energia aumenta significativamente, uma vez que muitas pessoas precisam dela ao mesmo tempo. 

Geradores podem ser acionados nessas faixas de horários, de modo a reduzir o consumo da rede e economizar energia. 

Porém, como tudo, deve ser colocado na ponta do lápis para encontrar um equilíbrio. 

Busque orientação especializada 

A conta de luz não é tão simples quanto retirar equipamentos da tomada. As concessionárias de energia possuem um cálculo muito complexo para definir o quanto cada um deve pagar. 

A verdade é que para economizar energia na sua empresa, é muito importante um trabalho de conscientização com os colaboradores. Na ponta, são eles os responsáveis pelos equipamentos e maquinário que operam. 

Estabeleça metas de redução e objetivos conjuntos, circulando esse pequeno guia para que cada um compreenda o que pode ser feito para atingir resultados relevantes. 

Um gerador de energia é um equipamento capaz de prover segurança e confiança para os processos do seu negócio. Porém, é preciso dimensionar de acordo com as suas necessidades. 

O maior erro que um gestor pode cometer, é investir em uma máquina desse porte, sem reconhecer as próprias exigências. Isso envolve o tamanho da empresa, quantidade de equipamentos dependentes de energia contínua, e até mesmo o fluxo de trabalho. 

Nós somos especialistas na instalação residencial e industrial de geradores de energia, e estamos aguardando para responder todas as suas dúvidas. 

Entre em contato para definir as suas necessidades e encontrar um equipamento ideal para o seu negócio, de modo que a empresa possa crescer sem medo. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Converse com nossos especialistas.

Está em dúvida para escolher a melhor solução para sua demanda em energia? Conte com a Generac.
 


Planilha grátis

Quedas de energia impactam diretamente no faturamento da sua empresa, já parou para calcular o prejuízo?

Com esta planilha você consegue calcular o prejuízo que as quedas de energia tem sobre o seu faturamento.

Entre em contato com a Generac

Preencha o formulário abaixo, nossos consultores entrarão em contato